Miguel Oliveira igualou este sábado a melhor Qualificação do ano ao alcançar o quarto melhor tempo para o GP da República Checa que terá lugar no domingo.

O piloto português reconheceu que mudou de estratégia para tentar alcançar uma melhor Qualificação: ‘Foi uma sessão positiva. A nossa estratégia mudou este fim de semana; trabalhámos de forma a melhorar a moto para realizarmos uma volta rápida. No final, tudo correu como esperávamos, mas é claro que ter apenas cinco minutos para fazer um bom tempo significa que a minha volta teve alguns erros e podia ter sido melhor’, sublinhou o piloto da KTM Ajo.

Miguel Oliveira, que no campeonato está a apenas sete pontos do líder, o italiano Francesco Bagnaia, melhorou assim as suas hipóteses de lutar pela vitória nesta ronda do campeonato, depois de nos últimos quatro grandes prémios ter largado sempre abaixo do 10.º posto. A última vez em que arrancou nos dez primeiros lugares foi no Grande Prémio de França, precisamente na 10.ª posição.

Para a corrida de domingo, Miguel Oliveira quer voltar a lutar pelo pódio como aconteceu em 2017. “O calor será um fator que pode vir a ser decisivo. Temos um ritmo muito bom e sinto-me confortável na moto, por isso vamos ter de gerir  da melhor forma possível o aspeto físico da corrida para alcançar um bom resultado”.

VEJA TAMBÉM: