Miguel Oliveira alcançou este sábado o 15,º tempo para o GP da Alemanha que terá lugar no domingo em Sachsenring. Num circuito onde em 2017 o piloto português lutou pela vitória até à bandeira de xadrez, Miguel Oliveira quer voltar a estar entre os da frente.

A missão para o piloto da KTM Ajo não será fácil já que vai largar da quinta linha da grelha de partida. "Estamos um pouco mais longe do que gostaríamos. Tanto a equipa quanto eu demos tudo, mas por enquanto não foi suficiente para ficarmos melhor posicionados na grelha. Temos agora que nos centrar na corrida”, sublinhou Miguel Oliveira.

O piloto português sabe que apesar do 15.º lugar que vai ocupar na grelha de partida, revelou um bom ritmo de corrida ao longo das 22 voltas que realizou na Qualificação, tendo rodado consistentemente em 1m24s. 

“O positivo é o nosso ritmo de corrida com o pneu duro, que é o que vamos usar domingo. Vou tentar ultrapassar o máximo possível no início e procurar uma boa posição para chegar mais perto da frente. A secção até à primeira curva é um pouco curta, mas tudo pode acontecer e nós faremos o nosso melhor", acrescentou Miguel Oliveira. 

VEJA TAMBÉM:

GP da Alemanha: Miguel Oliveira sai da quinta linha