O responsável pela equipa da Red Bull na Fórmula 1, Christian Horner, afirmou agora que “não seria a coisa mais saudável” para sua equipa contratar Fernando Alonso como substituto de Daniel Ricciardo, que está de saída para a Renault.

A saída de Ricciardo, que está na Red Bull desde 2014, surpreendeu tudo e todos na semana passada ao assinar por dois anos com a Renault, e abriu uma vaga na equipa de Milton Keynes.

Em conversa com no podcast oficial da F1, Christian Horner minimizou a possibilidade da contratação de Fernando Alonso, com a necessidade de promover os atuais talentos da equipa e também por causa da reputação de Alonso.

“Tenho um enorme respeito por Fernando Alonso. Ele é um ótimo, um fantástico piloto, mas seria muito difícil que essa situação viesse a acontecer. Ele tem a tendência de provocar um pouco de caos por onde passa. Não tenho por isso a certeza de que seria a situação mais saudável para a equipa”.

Horner lembrou ainda que a posição da Red Bull é a de continuar a apostar em jovens pilotos. “A nossa preferência vai continuar a ser investir nos jovens em vez de contratar um piloto que está obviamente perto do final da sua carreira”.

Dos pilotos sob contrato com a Red Bull – Pierre Gasly e Carlos Sainz – são apontados como os principais candidatos ao lugar que no final da temporada Daniel Ricciardo vai deixar vago.

VEJA TAMBÉM: