A eléctrica Endesa obteve em 2008 lucros de 7.169 milhões de euros, mais 168 por cento que em 2007, devido principalmente às mais valias obtidas pela venda de activos à E.ON, informou esta quinta-feira a empresa.

Lucros da FCC recuam 54,3% em 2008

Lucros da Telefónica crescem 89%

Numa nota à Comissão espanhola de Mercado de Valores (CNMV), a empresa, com actividade em Portugal, explica que o volume de negócios aumentou 24,3 por cento para 21.278 milhões de euros.

Segundo a Lusa, o lucro de exploração ascendeu a 5.252 milhões de euros, uma melhoria de 13,3 por cento face a 2007.

A contribuir significativamente para os resultados estiveram as mais valias de 4.564 milhões de euros originados pela venda à alemã E.ON da totalidade da Endesa Europa e das centrais térmicas de Los Barrios e Tarragona em Espanha.

Durante o ano as receitas cresceram 26,4 por cento, tendo os custos variáveis aumentado 47 por cento, o que deu lugar a um aumento de 08 por cento na margem de contribuição.

O EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) situou-se em 6.895 milhões de euros, mais 8,3 por cento que em 2007 e o EBIT (lucros antes de juros e impostos) ascendeu a 5.234 milhões, mais 13,3 por cento.