De visita a Lisboa, a primeira cidade europeia que conheceu, Gilberto Gil, cantor, compositor, ex-Ministro da Cultura do Brasil notou que Portugal está diferente, cada vez mais pequeno numa Europa gigante.

Todo ele é um homem de fé. Fé que segundo ele, o Brasil, o maior país católico do mundo precisa, alguma recuperada com a ajuda de um papa vizinho, que visitou o país recentemente.