«No mais fácil, temos cumprido e com zelo»

Constança Cunha e Sá comenta declarações do Governo sobre programa da troika «Cumprimos no que é mais fácil, com os fracos. Não cumprimos com o que é mais difícil, que é com os fortes».

Por: Redação    |   20 de Fevereiro de 2012 às 22:21
«Tenho sempre ouvido dizer que estamos a cumprir, mas não percebo o quê», afirma Constança Cunha e Sá no comentário diário na TVI24. «No que toca ao mais fácil, aí sim, o Governo tem cumprido e com entusiasmo: aumentou os impostos, diminuiu as pensões, reduziu os salários, cortou nos subsídios e apoios sociais. Aqui temos cumprido e com grande zelo».

«No que toca ao essencial, ao papel do Estado e às reformas estruturais, essa sombra desde o tempo do Bloco Central, vejo aqui um grande vazio», diz a comentadora.

«Cumprimos no que é mais fácil, com os fracos. Não cumprimos com o que é mais difícil, que é com os fortes».
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Comentário de Constança Cunha e Sá
Comentário de Constança Cunha e Sá
COMENTÁRIOS

PUB
Ricardo Salgado pede defesa com «igualdade de armas»

Em comunicado, o ex-presidente do banco pede contraditório sobre as investigações a decorrer. Salgado refere que «manterá o comportamento de não interferir ou condicionar o trabalho da Comissão Parlamentar de Inquérito ou quaisquer procedimentos de averiguação que estejam em curso». Segundo as conclusões da auditoria feita pela Delloite às contas do GES e pedida pelo supervisor, a conta que serviria para reembolsar os clientes do papel comercial do retalho, serviu para tudo…menos para isso