O ator islandês Stéfan Karl Stefánsson morreu, na terça-feira, aos 43 anos, depois de perder a luta contra o cancro.

Mais conhecido pela sua personagem "Robbie Reles", o vilão do programa infantil "Vila Moleza", que em Portugal pode ser visto no canal Boomerang, Stéfansson foi diagnosticado com cancro do pâncreas em 2016. 

O ator partilhava frequentemente os tratamentos com os fãs através das redes sociais, onde dava conta também do seu estado de saúde.

Não é no momento em que te dizem que vais morrer brevemente que percebes como a vida é curta. O tempo é a coisa mais valiosa da vida porque nunca volta. Passares [a vida] nos braços de um ente querido ou sozinho numa cela de prisão, a vida é o que fazes dela. Sonha alto", escreveu.

 

 

All done with chemo for now. 😊 #allover #happy #happyplantdad

A post shared by Stefán Karl Stefánsson (@stefanssonkarl) on

Em junho, a mulher de Stéfan Karl Stefánsson, Steinunn Olina, revelou que o cancro do pai dos seus quatro filhos estaria no estado terminal.

Nesta terça-feira, a publicação de Steinunn no Facebook confirmou que o ator tinha morrido e que os restos mortais do ator seriam espalhados no mar.

O meu amor, Stéfan Karl Stefánson, morreu depois de dois anos de luta contra o cancro. Stephen nasceu a 10 de julho de 1975, tinha 43 anos de idade. Como era da sua vontade, não haverá funeral e os restos mortais serão lançados no mar. A família gostaria de agradecer o apoio e carinho recebido nos últimos anos e enviamos para os muitos amigos e fãs de Stéfan as mais profundas condolências.”

O programa infantil "Vila Moleza" foi traduzido para dezenas de línguas e exibido em centenas de países. A história baseia-se numa menina de oito anos, "Stephanie", e num herói, "Sportacus", que tentam converter o estilo de vida preguiçoso e pouco saudável dos habitantes da vila, deparando-se sempre com "Robbie Reles", o vilão que contrariava os seus planos.

A popularidade do personagem interpretado pelo ator fez com que o famoso vilão recebesse o prémio de Meme do Ano 2016.