O alegado caso amoroso entre o ator Marlon Brando e o comediante Richard Pryor tem alimentado a imprensa social de Hollywood. Mais de 13 anos após a sua morte, as relações - com homens ou mulheres - de Marlon Brando continuam a ser motivo de interesse para alguns.

Na semana passada, foi a viúva de Richard Pryor a confirmar que os dois foram amantes. Jennifer Lee Pryor disse ao TMZ: “Eram os anos 70! As drogas ainda eram boas… Se tomasses cocaína suficiente, f… até com um radiador e enviavas-lhe flores pela manhã.”

A informação já tinha sido revelada pelo produtor musical Quincy Jones que, numa entrevista à New York Magazine, afirmou, sobre Marlon Brando: “Ele f… qualquer coisa”, acrescentando que, além de Richard Pryor, teria tido casos com o escritor James Baldwin e o músico Marvin Gaye.

No entanto, nos últimos dias, tanto o filho de Marlon Brando, Miko Brando, como a filha de Richard Pryor, Rain Pryor, negaram este caso. Certo é que alguém está a mentir e a aproveitar-se da fama dos intervenientes, que já não são vivos para o esclarecer.

Richard Pryor [Foto: Reuters]

Marlon Brando foi casado três vezes, teve 11 filhos e vários casos amorosos. Assumiu a bissexualidade e alimentou rumores sobre várias relações. 

“A homossexualidade está tão na moda que já nem é notícia. Tal como imensos homens, também tive experiências homossexuais e não tenho vergonha disso”, disse, numa entrevista, em 1976.

Na altura, suspeitava-se de uma relação com o também ator Jack Nicholson, que não foi desmentida.

Entre outras relações que foram sendo atribuídas ao longo do tempo a Marlon Brando encontram-se ainda James Dean e Marylin Monroe