Morreu a atriz Noel Neill, a primeira mulher a interpretar a personagem Lois Lane, na primeira série de filmes e série de televisão do Super-homem. De acordo com o seu agente, citado pela BBC, Neill faleceu este domingo, em Tucson, Estado do Arizona, EUA, aos 95 anos, vítima de doença prolongada.

Nascida a 25 de novembro de 1920, em Minneapolis, Noel Neill tornou-se uma cara querida do público norte-americano no final dos anos 40 e anos 50 quando começou a interpretar a jornalista do Daily Planet e primeiro interesse amoroso do Super-homem na série de filmes Superman (1948) e Atom Man vs. Superman (1950). Papel que voltaria a interpretar na série de televisão Adventures of Superman, entre 1953 e 1958, depois da atriz Phyllis Coates deixar a série após a primeira temporada.

Neil começou a sua carreira logo após ter terminado a escola secundária, altura em que se mudou para Hollywood, na Califórnia, com apenas 18 anos. Começou por cantar no Turf Club, em Del Mar, e viria a conseguir um contrato com os estúdios Paramount em 1941. Participou em vários filmes, mas nenhum lhe deu reconhecimento como os filmes sobre o super-herói da DC.

Duas décadas mais tarde, em 1978, a eterna Lois Lane voltaria a aparecer num filme do Super-homem, mas desta vez para interpretar Ella, a mãe da personagem a quem deu vida durante tantos anos.

Como escreve o The Guardian, o reconhecimento de Noel Neill como a eterna Lois Lane levaria a que fosse escolhida para modelo da estátua da personagem erguida na cidade de Metropolis, Estado do Illinois.