O ator brasileiro Duda Ribeiro morreu, esta quarta-feira, depois de lutar contra um cancro no fígado. Tinha 54 anos e a notícia foi avançada pela Globo no Twitter.

Em 2010, foi-lhe diagnosticado cancro no fígado. Duda Ribeiro chegou a falar abertamente da doença num programa de televisão e confessou que no início se recusou a acreditar.

Quando me deram a notícia eu preferi não acreditar. Eu tive um fígado de oito quilos, era uma metástase, apareceu no apêndice, foi minando meu fígado com o tempo. Na primeira cirurgia, fiz a biopsia e tive uma hemorragia”, disse em 2013.

Ator conhecido dos portugueses pelas inúmeras participações em novelas da Globo. A última aparição nas televisões portuguesas foi com a novela “A Guerreira” onde interpretou “Adam”, empregado na Turquia.

Na última publicação no Facebook, datada 7 de setembro, o ator escreveu: "A vida nas mãos do Criador. Não se iluda, ela não será controlada por você. Por isso tente, uma vez só, deixar que ela flua como Ele quer".

A carreira de Duda Ribeiro também passou pelo teatro e o cinema. O ator atou em filmes como "Meu nome não é Johnny" (2008), "Heleno" (2011), "Assalto ao Banco Central" (2011) e "O concurso" (2013).