O realizador norte-americano Curtis Hanson, vencedor de um Óscar com o filme "L.A. Confidential", foi encontrado morto na sua casa na Califórnia, na terça-feira, informou a polícia de Los Angeles.

Curtis Hanson, 71 anos, foi encontrado cerca das 17:00 horas locais (madrugada em Portugal Continental) e declarado morto no local.

De acordo com as autoridades, morreu devido a causas naturais.

Retirado há algum tempo, devido à doença de Alzheimer, conquistou um Óscar não de realização mas de melhor argumento adaptado, em 1997, a par de Brian Helgeland, pela adaptação do romance de James Ellroy.

Recorde-se que o "L.A. Confidential" arrecadou ainda o Óscar de melhor atriz secundária, que foi para Kim Bassinger.