O Festival de Cinema de Veneza, que começa hoje em Itália, contará com a antestreia mundial de "Montanha", a primeira longa-metragem do realizador João Salaviza, integrada na Semana da Crítica.

O mais antigo festival de cinema do mundo cumpre 72 anos e conta com filmes de Marco Bellocchio, Laurie Anderson, Tom Hooper, Alexander Sokurov, Amos Gitai ou Charlie Kaufman, todos em competição pelo Leão de Ouro. Fora de competição, a abertura dá-se em 3D com o filme "Everest", baseado na história verídica da morte de oito alpinistas, em 1996.

Na Semana da Crítica, uma secção independente do festival, João Salaviza estreará, no sábado, dia 05, a primeira longa-metragem, "Montanha", na qual volta a abordar a adolescência, tema que tem marcado presença nos filmes anteriores.

Protagonizado pelo jovem ator David Mourato, "Montanha" é descrito pela organização como "uma joia fascinante e poética, na linha da tradição do mais bem-sucedido cinema português contemporâneo".

Entre as curtas-metragens já assinadas por Salaviza, contam-se "Arena" (2009), distinguido com a Palma de Ouro em Cannes, e "Rafa" (2012), que lhe valeu o Urso de Ouro em Berlim.

Depois de Veneza, "Montanha" será exibido no festival de San Sebastian, em Espanha, e estreia-se nos cinemas portugueses a 12 de novembro.

O festival termina no próximo dia 12 e o júri que atribui o Leão de Ouro é presidido pelo realizador mexicano Alfonso Cuarón.

O prémio de carreira será entregue ao realizador e produtor francês Bertrand Tavernier.