O realizador italiano Nanni Moretti estará em novembro na abertura do Lisbon & Estoril Film Festival (LEFF), para apresentar, em antestreia, o filme "Mia Madre", longa-metragem sobre relações familiares e os meandros do cinema.

A organização revelou esta quinta-feira que "Mia Madre" será o filme de abertura, a 6 de novembro, com a presença de Nanni Moretti. Em 2007, o cineasta tinha estado em Lisboa a apresentar "O Caimão".

Aos convidados já anunciados para o festival, a organização junta o ator suíço Bruno Granz, protagonista de vários filmes de Wim Wenders - realizador que também estará em Portugal -, e de "Cidade Branca", que Alain Tanner rodou em Lisboa.

O violinista israelita Ivry Gitlis, 93 anos, embaixador da Boa Vontade da UNESCO, a quem o compositor italiano Bruno Maderna dedicou "Piece for Ivry", também se junta aos convidados do festival.

O LEFF decorrerá de 6 a 15 de novembro, em vários espaços de Lisboa e de Cascais, com uma programação de cinema, música, literatura e artes visuais.

Entre os filmes selecionados estão "Anomalisa", animação de Charlie Kaufman e Duke Johnson, "Heart of a Dog", que Laurie Anderson mostrará em Portugal, "Right now, wrong then", de Hong Sang-Soo, e "Knight of Cups", de Terrence Malick, - filme que encerrará o festival.

Os escritores Don DeLillo, Hélia Correia - Prémio Camões 2015 - e John Berger e os realizadores Elia Suleiman e Benoît Jacqout também estarão no festival, para encontros com o público.

No âmbito de homenagens e retrospetivas, destacam-se dois nomes: o ator Luís Miguel Cintra, que anunciou recentemente que deixará de representar em teatro, e Wim Wenders, que inaugurará uma exposição de fotografia, com imagens captadas em Portugal.

Há dois filmes portugueses no programa: "Montanha", de João Salaviza, selecionado para a competição, e "Jogo de damas", de Patrícia Sequeira.

O filósofo José Gil será o curador de um simpósio sobre loucura e criação artística.

Toda a programação, ainda a ser finalizada, pode ser consultada no site do festival.