Tonight Show

Ter caído duas vezes na cerimónia dos Óscares, em 2013 e 2014, e de ter repetido a façanha em Madrid, este ano, não foram os piores momentos da protagonista de “Jogos da Fome”. Jennifer Lawrence contou a Jimmy Fallon que “há duas histórias” que foram, de longe, as situações mais embaraçosas da sua vida e das quais “nunca tinha falado”.

A primeira envolve Elizabeth Taylor. Mas não a verdadeira, uma vez que “já estava morta, naquele momento”. A atriz conheceu uma senhora numa festa, que considerou muito simpática e parecida com a lenda de Hollywood.

 

“Uma mulher idosa abordou-me e estava a ser muito simpática e a elogiar-me muito. Na minha cabeça eu estava a pensar: ‘é a Elizabeth Taylor’. Ela elogiava-me e eu dizia ‘não, você é que é fantástica’. Uma amiga minha passou por mim e eu agarrei-lhe no braço e gritei ‘esta é a Elizabeth Taylor’! Ela disse… ‘Não, não é’. E eu saí a correr”.

A outra situação prende-se também com outra estrela do cinema, Francis Ford Coppola. Mas, desta vez, para infelicidade da atriz, tratava-se mesmo do produtor.

Jennifer Lawrence contou que estava num restaurante em Paris, quando o viu e decidiu ir cumprimenta-lo. Mas havia um problema: estava descalça. Contudo, isso não a deteve.

 

“Quando voltei para a minha mesa, apercebi-me que o meu vestido estava completamente desapertado e que a minha tanga estava à mostra… então eu estava descalça e com o meu rabo inteiro de fora”.