A produtora de Star Wars teve de pagar cerca de 1,7 milhões de euros ao ator Harrison Ford, após ser processada por causa de um acidente ocorrido durante as filmagens de "Star Wars: The Force Awakens".

O ator, que representa a personagem Hans Solo no filme, partiu a perna durante as gravações e teve de ser submetido a uma cirurgia após o incidente.

A Foodles Production, uma empresa de cinema da Disney, admitiu ser responsável por duas falhas de segurança e saúde, relativamente ao acidente que aconteceu a 12 de junho de 2014, quando a perna de Ford foi esmagada por uma porta hidráulica da nave espacial Millenium Falcon.

O ator de 74 anos recuperou a tempo de terminar as filmagens, mas o caso desenrolou-se durante dois anos, tendo o tribunal dado agora razão ao ator.

A Health and Safety Executive (HSE) disse em tribunal que a porta embateu contra o ator como um atropelamento de um carro de pequenas dimensões.

A maior falha de tudo, em nome da empresa, foi a falta de comunicação”, disse o juiz Francis Sheridan, segundo a CNN.

Para o juiz, se Harrison Ford tivesse sido avisado de todos os perigos, claramente ter-se-ia evitado o acidente.