O jornal do Exército de Libertação Popular (ELP), as forças armadas chinesas, acusa o mais recente filme de animação da Disney, "Zootrópolis", de servir de propaganda subliminar de valores norte-americanos em países como a China.

O filme, que está a ser um sucesso de bilheteira na China, "distorce a realidade e a moral ao trocar os papéis do predador e da presa no seu argumento", sublinha um artigo de opinião publicado por aquele jornal.

Em causa estão os papéis de polícia, atribuído a um coelho encarregado de investigar o desaparecimento de predadores, e de um dos principais vilões, protagonizado por um cordeiro, num universo em que os animais agem como seres humanos.

Neste mundo cruel, são sempre os lobos a comer os cordeiros, e não o contrário. Um conceito tão fundamental, e que até uma criança pode entender, foi invertido por Hollywood", destaca o artigo, assinado por Wang Chuanbao, professor de ciência política do ELP.

"Zootrópolis" é atualmente o oitavo maior sucesso de bilheteira de sempre na China.