O ator brasileiro Edson Celulari, de 58 anos, anunciou, nesta segunda-feira, através das redes sociais, ter sido diagnosticado com um linfoma não-Hodgkin, um cancro que afeta as células do sistema linfático designadas por linfócitos.

Reuni minhas forças, meus santos, um punhado de coragem... coloquei tudo numa sacola e estou indo cuidar de um linfoma não- Hodgkin. Foi um susto mas estou bem, ao lado de pessoas amadas. A equipa médica é competente e experiente. Estou confiante, pensando positivo e com fé sairei deste tratamento ainda mais forte. Todo carinho será bem vindo. Obrigado. #VidaQueSegue”, escreveu o ator no Instagram.

O linfoma não-Hodgkin, que pode ser indolente (crescimento lento) ou agressivo (crescimento rápido), subdivide-se em 30 subtipos.

A presidente do Brasil destituída Dilma Rousseff e o ator Reynaldo Gianecchini são duas personalidades conhecidas do país que combateram esta doença do sistema imunitário.

Nos últimos dez anos, Edson Celulari pôde ser visto pelos telespetadores portugueses nas novelas da Globo Páginas da Vida, Beleza Pura, Araguaia e, mais recentemente, Alto Astral, onde era um dos atores principais.

Foi casado com a também atriz Cláudia Raia.