O Monstra – Festival de Animação de Lisboa regressa em 2018, de 8 a 18 de março, para a sua 17.ª edição, que terá a Estónia como país homenageado, foi esta segunda-feia anunciado.

As datas e o país homenageado foram anunciados, em conferência de imprensa, em Lisboa, na qual foi também apresentado o programa Monstrinha Escolas, para a edição do próximo ano.

No âmbito do Monstrinha Escolas, composto por três programas – dos 3 aos 6 anos, dos 7 aos 12 anos e mais de 13 anos – serão exibidas 23 curtas-metragens, “produzidas, na maioria, em 2017, e premiadas em vários festivais, algumas com estreia nacional na Monstra”.

Entre as curtas estão "The Pocket Man", de Ana Chubinidze, "Two Trams", de Svetlana Andrianova, "Ethnophobia", de Joan Zhonga, "Hedgehog's Home", de Eva Cvijanovic, e "The Box", de Merve Cirisoglu Cotur, esta última sobre a guerra e os refugiados, com foco especial nas crianças.

A organização apelou a que as escolas da Grande Lisboa se inscrevam, através do ‘site’ do festival, para poderem assistir às sessões.

A Monstra organiza ainda outros programas para crianças, entre os quais o “Baby Monstra”’ (projeção de filmes para crianças até 3 anos, em sessões contínuas) e várias longas-metragens, a anunciar brevemente.

Entretanto, estão abertas as inscrições para a Competição de Curtas Portuguesas do festival. As inscrições, abertas até 15 de janeiro, devem ser feitas no ‘site’ no festival.