A Academia Portuguesa de Cinema anunciou hoje os filmes nomeados para o prémio Sophia Estudante, a entregar pela primeira vez, a 02 de abril, com os Prémios Sophia 2015, que distinguem a atividade cinematográfica nacional.

«Osmose», um filme de animação de Rui Silva, David Ferreira, João Santos, Margarida Pereira e Pedro Baginha, «Ruas Paralelas», documentário de Ana Almeida e Miguel Saraiva, e a ficção «Bestas», de Rui Neto e Joana Nicolau, são os três nomeados para a Categoria Sophia Estudante.

A escolha do júri, constituído pelos argumentistas Artur Ribeiro e Patrícia Muller, as atrizes Joana Verona e Carla Chambel e o diretor de fotografia Luís Branquinho, resultou da avaliação de seis obras de animação, sete documentários e oito de ficção, que foram exibidos durante o dia de hoje, no Pequeno Auditório do Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Estas 21 obras finalistas provinham de um total de 46 curtas-metragens, inscritas por doze estabelecimentos de ensino do país, para a primeira edição do Sophia Estudante.

No passado dia 04 de março, a Academia Portuguesa de Cinema divulgou os nomeados em 20 categorias para os Prémios Sophia 2015.

Para melhor filme e melhor realizador, pelas respetivas obras, estão nomeados «Os Maias - Cenas da Vida Romântica», de João Botelho, «A Vida Invisível», de Vítor Gonçalves, «O Grande Kilapy», de Zezé Gamboa, e «Os Gatos não têm Vertigens», de António-Pedro Vasconcelos.

Maria do Céu Guerra, Leonor Seixas, Maria João Pinho e Sara Barros Leitão são as nomeadas para melhor atriz. Filipe Duarte, Graciano Dias, João Jesus e João Lagarto são os nomeados para melhor ator.

Os prémios carreira vão ser entregues à atriz Eunice Muñoz e ao ator e encenador Luís Miguel Cintra.

Os Prémios Sophia 2015 vão ser entregues a 02 de abril, numa gala a realizar no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.