O projeto de longa-metragem de animação "Nayola", dos realizadores José Miguel Ruivo Ribeiro e Jorge António, vai receber um milhão de euros de apoio financeiro, anunciou o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA).

O apoio a esta obra foi anunciado no sítio online do ICA no âmbito do concurso organizado na área de Apoio à Produção de Longas-Metragens de Animação 2014, tendo recaído naquela obra produzida pela Praça Filmes.

A longa-metragem “Nayola”, realizada por José Miguel Ruivo Ribeiro, tem argumento de Virgílio Almeida a partir do texto original “Caixa Preta”, dos escritores Mia Couto e Eduardo Agualusa, e será correalizada com Jorge António, como noticia a Lusa. 

Nos últimos anos, José Miguel Ruivo Ribeiro tem dividido a atividade profissional entre o cinema de animação e a ilustração nas componentes de formação, criação e produção.

Jorge António, formado em produção pela Escola Superior de Teatro e Cinema, tem desenvolvido atividade ligada ao cinema e à televisão, tendo trabalhado, entre outros, com Paulo Branco, Cunha Telles.

Também segundo o sítio do organismo sob tutela da Secretaria de Estado da Cultura, vai estar aberto até 24 de julho deste ano o período de receção de candidaturas a apoios financeiros no âmbito do fundo bilateral de apoio à coprodução de obras cinematográficas luso-francesas.

Esta iniciativa do ICA de cooperação internacional terá um montante disponível para apoios em 2015 de 1.1 milhões de euros.