Mike Nichols, o realizador de «A Primeira Noite», (The Graduate), morreu esta quarta-feira aos 83 anos. A morte do cineasta que era casado com a pivot da ABC News Diane Sawyer foi anunciada em comunicado, pelo Diretor do canal, James Godlston. As causas da morte ainda não são conhecidas


 


«Ele era um verdadeiro visionário, que ganhou os maiores prémios nas artes com o seu trabalho como realizador, escritor, produtor e cómico», lê-se no comunicado. de Goldston.

Nichols venceu o Oscar de Melhor Realizador em 1968 pelo filme que ainda hoje é considerado um dos mais importantes da sua carreira, «A Primeira Noite» (The Graduate) com Dustin Hoffman, pelo qual também arrecadou o Globo de Ouro e o BAFTA na categoria de Melhor Realizador.

O cineasta faz parte de uma lista de apenas 12 pessoas que conseguiram arrecadar ao longo da carreira pelo menos um dos quatro galardões norte-americanos mais importantes na área do entretenimento – o Oscar, o Emmy, o Grammy e o Tony.

Nichols,  que nasceu na Alemanha em 1931, mas que foi para os Estados Unidos com apenas sete anos, venceu vários prémios Tony, que distinguem os profissionais do teatro, pelo seu trabalho como encenador, conquistou um Grammy de Melhor Álbum de Comédia, e vários Emmy pelo seu trabalho com realizador de séries de televisão, destacando-se aqui a série «Anjos na América» com Al Pacino e Meryl Streep nos principais papéis.

O filme «Quem Tem Medo de Virigina Woolf», que realizou em 1966, teve 13 nomeações para os Oscares, tendo vencido em cinco categorias. 


O seu último filme data de 2007 «Charlie Wilson’s War» e conta com Tom Hanks e Julia Roberts no elenco.