O filme «Birdman», uma obra do mexicano Alejandro González Iñárritu, conquistou a estatueta de melhor elenco nos prémios do Sindicato de Atores dos Estados Unidos (SAG), atribuídos em Los Angeles.

Na cerimónia foram também reconhecidos os elencos das séries como «Downton Abbey» e «Orange is the New Black».

Como melhor atriz foi escolhida Julianne Moore, pelo trabalho em «Still Alice», e que é agora grande favorita para os Óscares. Nos prémios de melhores atores secundários, Patricia Arquette levou a estatueta pelo trabalho em «Boyhood» e J.K. Simmons pela sua interpretação em «Whiplash».

«Birdman», que levou o prémio mais importante da noite, viu o trabalho do seu realizador elogiado pelos atores no palco do Shrine Auditorium, de Los Angeles.

«Este prémio é para Alejandro, para os produtores e para toda a equipa. Estou orgulhoso de integrar este grupo», disse Michael Keaton, protagonista do filme.

Pouco tempo depois seria a vez de Naomi Watts voltar a destacar as qualidades do realizador mexicano, classificando-o como um «génio».

A alegria do grupo de «Birdman» não foi, contudo, completa, já que Michael Keaton perdeu na categoria de melhor ator para Eddie Redmayne, pela sua interpretação em «The Theory of Everything».

Este resultado poderá comprometer as aspirações do ator para a cerimónia dos Óscares. Isto porque, nos últimos 20 anos, o escolhido nos prémios SAG não ganhou a estatueta dourada apenas em quatro vezes. Na última década, coincidiu sempre.

No capítulo de televisão, a escolha de melhor drama recaiu sobre «Downton Abbey» e a de melhor comédia sobre «Orange is the New Black».