Quase 24 milhões e meio de pessoas partilharam com Sheldon e Amy as emoções da primeira noite de amor do casal. O episódio, que foi para o ar, nos Estados Unidos, no dia 17 de dezembro, teve 17 milhões e 250 mil espetadores no dia da exibição original e mais sete milhões e 180 mil nos sete dias seguintes. Contas feitas, 24 milhões e 430 mil espetadores viram este episódio da comédia da CBS. 

De acordo com dados da agência Nielsen, citados pela Variety, o episódio que conta a primeira vez que Sheldon e Amy tiveram sexo, quebrou o recorde da televisão norte-americana em “live plus 7”, isto é, no barómetro que contabiliza a audiência do momento da estreia de um episódio mais a audiência dos sete dias seguintes.

Este episódio da "Teoria do Big Bang" ultrapassou a estreia de "Como defender um assassino", exibido em setembro de 2014, e que foi assistido por seis milhões e 950 mil pessoas. 

A "Teoria do Big Bang" e "The Walking Dead" são as séries televisivas - também exibidas no cabo, em Portugal - que ganharam mais espectadores entre o dia de exibição original dos episódios e os sete dias seguintes, nas televisões americanas. 

A “Teoria do Big Bang” é uma comédia que conta a história de quatro amigos cientistas muito inadaptados socialmente. Amy, também cientista, é a namorada de Sheldon, que tem repulsa pelo toque ou por gestos de carinho.