A utilização de um bebé falso numa das cenas do filme "American Sniper", de Clint Eastwood, deu muito que falar. E, como muita gente, o próprio Bradley Cooper não passou indiferente ao caso.

Numa entrevista a Ellen DeGeneres, o ator classificou a experiência como uma "loucura".
 

"Eu não podia acreditar. Não podia acreditar que estávamos a tabalhar com um bebé de plástico."


Na famosa cena, vê-se o ator a segurar o seu filho recém-nascido e a tentar mover o boneco de plástico com o polegar. O assunto acabou por gerar polémica assim que o filme chegou às salas de cinema.

O argumentista, Jason Salão, justificou o assunto, alegando que o bebé real ficou inesperadamente com febre, e que a segunda escolha também falhou, por isso Clint Eastwood recorreu a medidas desesperadas.

 
 

"Na altura pensei que aquilo era uma loucura, mas admito que aprendi a gostar muito daquela boneca. Acabei por me apaixonar por aquela coisa de plástico", acrescentou ainda Bradley Cooper.