Harvey Weinstein foi acusado dos crimes de violação em primeiro e terceiro graus e ato sexual criminoso em primeiro grau.

A decisão foi anunciada esta quarta-feira pelo procurador distrital de Manhattan, no estado de Nova Iorque.

A acusação foi proferida por um grande júri, no seguimento da sua detenção e presença em tribunal na sexta-feira.

O produtor de cinema foi acusado de má conduta sexual por mais de 70 mulheres, algumas das queixas têm décadas.

Em defesa, Harvey Weinstein negou ter tido sexo sem consentimento.

As primeiras acusações de agressões sexuais e violações contra o produtor, de 66 anos, surgiram em outubro de 2017.

O caso de Harvey Weinstein e as acusações que lhe têm sido feitas levaram atrizes e mulheres do mundo do espetáculo de todo o mundo a assumirem que foram assediadas sexualmente por homens poderosos do meio. O escândalo desencadeou a campanha #Time’sUp, que levou à queda de centenas de homens em lugares de poder de numerosos setores.