O cineasta Wes Anderson e a artista Laurie Anderson marcam presença no Lisbon & Estoril Film Fest - Lefest -, que se realiza entre 07 e 16 de novembro em Lisboa e no Estoril, divulgou hoje a organização.

O norte-americano Wes Anderson, realizador de «Grand Budapest Hotel» e «The Royal Tenenbaums», apresenta no dia 08 às 18:30 no Cinema Monumental, em Lisboa, o filme «O Ouro de Nápoles», de Vittorio De Sica, nome de referência do movimento sociocultural neo-realista. O filme conta com interpretações de Silvana Mangano, Sophia Loren e do comediante Totò.

Em 10 de novembro, às 21:30, o cineasta apresenta no Centro de Congressos do Estoril o filme «Sadie Mckee», de Clarence Brown, protagonizado por Joan Crawford, baseado no conto «Pretty Sadie McKee», de Viña Delmar.

A artista experimental norte-americana Laurie Anderson, de 67 anos, em 2010 fez parte do júri da seleção oficial do Lefest e este ano participa, no dia 09 às 20:00, num encontro especial, no Espaço Nimas, em Lisboa.

Natural de Glen Ellyn, no Estado norte-americano de Illinois, Laurie Anderson estudou História da Arte e Escultura. Na década de 1970, após ter trabalhado em “performance”, apresentou regularmente espetáculos em museus e festivais de arte, na América do Norte e na Europa.

O seu nome tornou-se conhecido do grande público na década de 1980, quando o seu single «The Superman» atingiu o segundo posto na tabela de vendas britânica; na época trabalhava em projetos multimédia, que incluíam não só música mas também vídeo, projeções, dança e escrita.

Além do seu trabalho visual, laurie Anderson é também compositora e instrumentista responsável pela invenção de vários instrumentos que utiliza.

Da sua discografia fazem parte títulos como “Big Science” (1982), “Mister Heartbreak” (1984), “United States Live” (1984), “Home of The Brave” (1986), “Strange Angels” (1989), “Bright Red” (1994), “The Ugly One With The Jewels” (1995), “Life on a String” (2001) e “Homeland”, editado em 2010, cuja digressão passou por Portugal.

«No que diz respeito à sua relação com o cinema, há na carreira de Laurie Anderson um marco importante: ‘Home of the Brave: A film by Laurie Anderson’ (1986), um filme concerto gravado durante a digressão do álbum ‘Mister Heartbreak’, em que a artista é ao mesmo tempo realizadora e participante. Como compositora, contribuiu ainda para a banda sonora de filmes de realizadores como Wim Wenders e Jonathan Demme», afirma a organização do Lefest em comunicado.