Zack Snyder, o realizador do filme «Watchmen», recusou dirigir a sequela da adaptação da banda-desenhada de heróis.

O realizador disse que fazer uma sequela seria cair no erro de «repetir a mesma ideia, o que vai totalmente contra o que o livro defende», segundo o site «ImdB». «Não faz sentido», acrescenta.

No entanto, o actor Billy Crudup, um dos protagonistas, remeteu a decisão para os estúdios, uma vez que assinou um contrato para uma possível continuação.

Sequelas à parte, vários grafittis foram pintados nas paredes de Nova Iorque e Toronto, perguntando «Quem vigia os Vigilantes?» («Who watches the Watchmen?»).

Acredita-se que esta é uma campanha publicitária da distribuidora, que terá pago a vários artistas da rua para espalhar a mensagem.

O filme estreou esta semana em Portugal.