Condenado por colocar filme dos X-Men na net

Juiz quis transmitir uma «mensagem forte» aos piratas

Por: Redação / AC    |   20 de Dezembro de 2011 às 16:50
Um homem norte-americano foi condenado pelo tribunal dos EUA a um ano de prisão por de ter colocado na Internet uma cópia do filme «X-Men Origens: Wolverine».

«A condenação neste caso ajuda a transmitir uma mensagem forte para os piratas da internet. O Departamento de Justiça irá perseguir pessoas que roubam a propriedade intelectual deste país», comentou André Birotte Jr, da Procuradoria-Geral dos Estados Unidos da América.

O caso remonta ao ano de 2009, data de estreia do filme com Hugh Jackman. Na altura, o actor mostrou-se indignado com o incidente, dizendo que essa versão do filme era como um «Ferrari sem pintura final».

Gilberto Sanchez conseguiu colocar on-line uma versão do filme antes deste ser lançado. O vídeo, que acabou por cair na Internet, pela mão deste pirata, estava inacabado e necessitava de edição, pois mostrava cenários verdes de chroma e cabos presos nas cenas de acção.
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Hugh Jackman apresenta X-Men Origens: Wolverine
Hugh Jackman apresenta X-Men Origens: Wolverine
COMENTÁRIOS

PUB
BES: Angola é mais do que a pergunta do milhão de dólares

Na verdade, são mais de três mil milhões de euros de créditos do BES ao BESA que desapareceram e que fizeram com que se tivesse de injetar mais dinheiro no Novo Banco do que era suposto. Esta quinta-feira, o ex-presidente do BESA vai ser ouvido no Parlamento e a última audição da comissão de inquérito voltou a dar o mote para uma das grandes perguntas que ainda procuram resposta. A TVI apurou ainda que o Banco Nacional de Angola tirou garantia ao BESA dois dias antes da resolução