Woody Allen vai fazer de proxeneta em filme

Sofia Vergara e Sharon Stone também em conversações para entrar em «Fading Gigolo»

Por: Redação / AC    |   8 de Março de 2012 às 15:00
Woody Allen vai desempenhar o papel de ator num novo filme escrito e protagonizado por John Turturro. «Fading Gigolo» é a história de dois amigos que não têm dinheiro e fazem-se passar por gigolos.

O realizador, vencedor de um óscar para «Meia-Noite em Paris», entra neste projeto que vai ser dirigido por John Turturro. Os dois vão fazer de uma dupla que decide começar no negócio dos acompanhantes de luxo porque acham que é a melhor fonte de rendimentos.

Allen vai ser o proxeneta e Turturro é o gigolo de serviço. Assim que entram neste mundo, os dois começam a levantar muitas dúvidas e deixam furiosos a comunidade judaica onde vivem.

Segundo a «Variety», as atrizes Sofia Vergara e Sharon Stone estão em conversações para se juntarem ao elenco de «Fading Gigolo». As gravações estão agendadas para abril e o filme deve estrear em 2013.
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Woody Allen
Woody Allen
COMENTÁRIOS

PUB
BES: «Não encostei uma pistola à cabeça de ninguém»

«Fala-se do buraco, do buraco, do buraco no meu mandato... Apresentem-me números». Ano e meio depois de sair, ex-presidente do BESA diz que a carteira de crédito cresceu ainda mais, com outros a liderar o banco. Quanto à garantia do Estado angolano, afirma que caiu por culpa do Banco de Portugal. Já sobre os créditos em si, assume a responsabilidade por tê-los pedido, mas quem autorizou foi o BES: «Não encostei uma pistola à cabeça de ninguém». Há alguma contradição nas suas explicações sobre onde é que, afinal, pára o dinheiro dos polémicos créditos que desapareceram