«Idiots and Angels» de Bill Plympton, «Moscow, Belgium» do belga Christophe Van Rompaey, e «Hansel & Gretel» do sul-coreano Phil-sung Yim são os principais vencedores o 29º Festival Internacional de Cinema do Porto, disse à Lusa fonte da organização.

O Grande Prémio da Secção Oficial de Cinema Fantástico foi atribuído ao filme de animação «Idiots and Angels», de Bill Plympton, um mestre da animação e do humor truculento.

O cineasta norte-americano tem duas nomeações para os Óscares, sendo conhecido sobretudo por filmes como «Guide Dog», «Hair High» e «I Married a Strange Person».

Outro dos vencedores da Secção Oficial de Cinema Fantástico é «Eden Lake» do britânico James Watkins, que obteve o Prémio da Melhor Realização e do Melhor Actor, para o jovem Jack O`Connell, o líder do gang de jovens que faz a vida negra a um casal de namorados.

Da Coreia do Sul chega «Hansel & Gretel», de Phil Sung-Yim, outro dos filmes em destaque nos Fantasporto 2009, concorrendo em duas secções, a Secção Oficial de Cinema Fantástico e a Orient Express.

Acabou por ganhar o Prémio Especial do Júri do Cinema Fantástico/Prémio Super Bock, além de ser considerado o Melhor Filme da Secção Oficial Orient Express, dedicada a filmes asiáticos.

Mais um prémio para Christophe Van Rompaey

A 19ª Semana dos Realizadores foi ganha por «Moscow, Belgium», de Christophe Van Rompaey (cineasta já multi-premiado no Fantasporto em edições anteriores), um drama do quotidiano com um toque terno de comédia e de romantismo, que foi uma das grandes revelações da Semana da Crítica de Cannes.

O alemão Wim Wenders, que está no Porto para ser homenageado com o Prémio Carreira, viu o júri da Semana dos Realizadores atribuir-lhe o Prémio Especial para o seu mais recente filme «Palermo Shooting».

O Prémio da Crítica foi para «Delta», de Kornel Mundruczo (Hungria), e o Prémio do Público foi para «The Wrestler», de Darren Aronofsky (EUA).

A selecção das secções competitivas do Fantasporto 2009 foi considerada uma das melhores de sempre pela crítica e pelo público do festival.

Os realizadores José Fonseca e Costa, nome grande do «cinema novo» português, o alemão Wim Wenders e o norte-americano Paul Schrader são hoje homenageados com o Prémio de Carreira na Sessão Oficial de Encerramento e Entrega de Prémios do 29º Fantasporto.

Todos os filmes premiados serão exibidos domingo no Rivoli

Fonte da organização referiu que um dos aspectos do Fantasporto, cujo orçamento é coberto em 80 por cento por patrocínios, é a presença de convidados e Imprensa com acesso a livre-trânsito, bem como de patrocinadores com acesso contratual a bilhetes-bónus para distribuição, o que limita a lotação do Rivoli e as receitas directas do festival por venda de bilhetes.

Apesar disso, o Fantas teve até 25 de Fevereiro 31 mil espectadores com bilhetes, devendo até ao fim do festival ultrapassar os 50.000 visitantes com bilhete.

Assim, pode-se considerar que cerca de 7.800 lugares disponibilizados foram usados mas não contabilizados para efeitos dos números oficiais de entradas.

A organização estima que se registará este ano uma subida de espectadores na ordem dos 20 a 25 por cento.

Uma estrutura de cerca de 200 pessoas esteve envolvida neste evento, que tem um orçamento global de cerca de quatro milhões de euros.

A 30ª edição do Fantasporto realizar-se-á entre 26 de Fevereiro e 6 de Março de 2010.