O filme «Pela boca morre o peixe», de João P. Nunes, é o grande vencedor do Prémio MOTELx, conhecido este domingo, último dia do Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa (MOTELx).

Trata-se de um filme «com uma boa dose de ironia e bem contada, com uma realização e direção de fotografia interessante», segundo o júri do festival.

Os jurados ¿ Gonçalo Waddington, Luísa Sequeira e Dan Frye - consideram que «Pela boca morre o peixe» apresenta «uma forma de representação que resulta muito bem no contexto sarcástico do filme».

A atribuição do prémio a João P. Nunes foi anunciado no encerramento do festival, no Cinema São Jorge, em Lisboa.

A história desta curta-metragem gira em torno de um pescador que partilha a paixão pelo grotesco. Um dia, porém, ele passa de caçador a presa.

O valor monetário do prémio é de três mil euros, além de um fim de semana de charme num hotel da rede de um dos patrocinadores do festival,como noticia a Lusa.