A atriz Tori Spelling, conhecida do público português pela série «Beverly Hills 90210», deu entrada no domingo no Cedars Sinai Hospital com sintomas semelhantes àqueles que são apresentados pelos doentes infetados com ébola.

Tori apresentava febre alta e dificuldades em respirar, pelo que os médicos trataram a atriz como um caso suspeito de ébola, isolando-a dos demais doentes e seguindo o protocolo de segurança, de acordo com o site «TMZ».

Entretanto, ficou a saber-se que a filha do produtor Aaron Spelling não tem ébola, mas sim uma bronquite aguda. Tori continua internada e viu-se obrigada a cancelar o lançamento da segunda temporada do seu reality show.

Apesar de falso alarme, o medo do ébola chegou a Hollywood. E não é ficção.