Foram divulgados os nomeados aos principais prémios de cinema atribuídos em Portugal: os prémios Sophia da Academia Portuguesa, que distinguem os melhores do cinema português em 2012.

O filme «Florbela», sobre a vida da poetisa Florbela Espanca, está presente em 15 categorias, incluindo as de Melhor Atriz Principal para Dalila Carmo, Melhor Ator Pirncipal ex-aequo para Albano Jerónimo e Ivo Canelas, Melhor Filme e Melhor Realizador para Vicente Alves do Ó.

O segundo mais nomeado, em dez categorias, é «Operação Outono», o thriller sobre o assassínio do General Humberto Delgado, que valeu nomeações para o realizador Bruno de Almeida e para os atores Carlos Santos e Carla Chambel.

«Tabu», de Miguel Gomes, e «Linhas de Wellington», de Valeria Sarmiento, são os outros filmes mais nomeados, ambos com nove nomeações.

A lista completa de nomeados nas 21 categorias dos prémios foi esta terça-feira apresentada no Teatro São Carlos, pelo presidente da Academia Potuguesa de Cinema, o produtor Paulo Trancoso, e dois membros desta organização, Inês de Medeiros e Fernando Luís.

Os vencedores dos prémios batizados com o nome da poetisa Sophia de Mello Breyner Andresen, que distinguem, pelos seus próprios pares, os profissionais do cinema nacional, vão ser anunciados a 6 de outubro, em Lisboa.

Nesta segunda edição anual dos galardões lançados em 2012, tinham já sido anunciados os Prémios Sophia 2013, na categoria Carreira, para a atriz Laura Soveral, o diretor de fotografia Acácio de Almeida e o distribuidor cinematográfico José Manuel Castello Lopes.

O Prémio Mérito e Excelência será entregue ao realizador e membro da Academia Portuguesa de Cinema, Manoel de Oliveira.

Os prémios, relativos a obras estreadas no ano anterior, não têm valor monetário associado, visam distinguir os profissionais do cinema nacional pelos próprios pares, neste caso, a Academia, composta por mais de uma centena de membros, desde realizadores, atores e diretores de fotografia, escreve a Lusa.

Notícia corrigida