Os espectadores do canal inglês «BBC Three» ficaram chocados com aquilo que foi uma «estranha coincidência»: na noite de segunda-feira, quando surgiram as notícias da morte de Robin Williams, foi exibido um episódio de «Family Guy» que envolve o ator norte-americano e uma tentativa de suicídio falhada.

No episódio, chamado «Fatman e Robin», Peter Griffin é amaldiçoado, durante uma tempestade, quando acusa Deus de odiar Robin Williams. Griffin passa a transformar tudo o que toca no ator norte-americano.

A maldição leva a personagem à loucura e a uma tentativa de suicídio que acaba por não se concretizar.

O episódio acabou minutos antes de o mundo saber que o ator de «O Clube dos Poetas Mortos» tinha sido encontrado morto em casa, na Califórnia, e que se suspeitava de se tratar de suicídio.

Depressa os espectadores começaram a expressar, no Twitter, a estranheza desta coincidência. Mais tarde, a «BBC» acabou por anunciar que não ia repetir o episódio esta semana.

«Foi uma repetição que já tínhamos feito anteriormente; como poderíamos ter previsto isto? Estava agendado há mais de duas semanas por isso foi apenas uma estranha coincidência», declarou um porta-voz da «BBC».

Na série de animação, Williams é o comediante favorito de Peter Griffin.





Seth MacFarlane, criador da trama que também dá voz ao pai da família Griffin, deixou uma mensagem de homenagem ao ator: «O mundo ficou menos divertido. A morte de Robin Williams é uma perda trágica».