«O Último Inverno», do realizador iraniano Salem Salavati, arrebatou o Prémio Cinema para a melhor longa-metragem, nos Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia Avanca 2014.

De acordo com a organização do festival, que durou dez dias e contou com cinco dias de competições, conferências e workshops internacionais, entre os países distinguidos contam-se o Iraque, o Chipre e a Venezuela.

«O Último Inverno», do realizador iraniano Salem Salavati, arrebatou o Prémio Cinema para a melhor longa-metragem, tendo ainda recebido o Prémio Melhor Atriz, que distinguiu Asiyeh Moradizar.

A curta-metragem «O imortalizador», de Marios Piperides (Chipre), ganhou o Prémio Curta-Metragem e o Prémio Estreia Mundial.

Com o Prémio Animação foi distinguido o filme russo «Tons de Cinzento», de Alexandra Averyanova, enquanto o Prémio Vídeo reconheceu o filme mexicano «Ar», de Romina Quiroz.

O Prémio da Melhor Fotografia foi para Amir Alivaisi, do filme iraquiano «Preto & Branco» de Jalal Saepanah.

Na «Competição Avanca» ¿ que reuniu uma seleção de obras produzidas na região ¿ foram distinguidas a longa-metragem «Pecado Fatal», de Luís Diogo, a curta-metragem «Balança», de Rui Falcão, o documentário «A Pedra e a Palavra», de Nagib Haickel e a animação «Foi o fio», de Patrício Figueiredo.

O documentário «Shado`man», do holandês Boris Gerrets, recebeu o Prémio Televisão, tendo o Prémio Estreia Mundial sido atribuído à curta-metragem «O imortalizador», de Marios Piperides (Chipre), e aos documentários «The Vatican and the Third Reich», de Rufo Pajares (Espanha), e «A Pedra e a Palavra», de Nagib Haickel (Brasil/Portugal).

Ainda segundo a organização do evento, a competição «Trailer in Motion» distinguiu o trailer «Der Kreis», de Stefan Haupt (Suíça), e o videoclipe «Le peuple de l`Herbe - parler le fracas», de Wasaru (França).

O videoclip «Napoleon», de Marco Miranda (Portugal), recebeu uma Menção Especial.