O festival de cinema Douro Film Harvest, que encerrou hoje, premiou três dos 24 filmes apresentados, todos em estreia nacional, e ligados à região do Douro e à temática do vinho e da gastronomia.

Na sua quinta edição, o festival, com um orçamento de cerca de 100 mil euros (o mais baixo de sempre), prestou ainda tributo ao realizador duriense João Botelho, que por algumas vezes usou o Douro como palco ou se inspirou neste território para os seus trabalhos.

Na categoria «Food Films», onde a gastronomia era o tema central, o filme vencedor foi o «18 Comidas», de Jorge Coira.

Em inglês e castelhano, a película relata histórias de emoções servidas à mesa de músicos de rua, cozinheiras, amigos ou casais em busca da felicidade.

Na secção onde os filmes primam pela ligação entre o cinema e o vinho ¿ «Wine Films» ¿ o vencedor foi «The Wine of Summer», realizado por Maria Matteoli.

Lançado em 2003, nos Estados Unidos, este drama conta a história de um jovem de 27 anos que abandona a carreira em Direito para perseguir o sonho de infância: ser ator.

A curta «Zigurate», de Pedro Miguel Santos, recebeu o prémio na categoria «MEO Curtas da Casa».

Em edições passadas, foram convidados para este certame nomes como Sophia Loren, Andie MacDowell, Kyle Eastwood ou Bo Derek.

Este ano, sem o anúncio de estrelas de cinema, a programação esteve mais centrada na cidade do Porto, gastronomia e enologia.

Este festival de cinema realiza-se desde 2009, procurando aliar a melhor seleção de filmes às melhores colheitas de vinhos produzidos na mais antiga região demarcada do mundo, classificada como património mundial pela UNESCO em 2001.