Otto Sander, ator de «As Asas do Desejo», morreu esta quinta-feira aos 72 anos, noticia a BBC News. A causa da morte não foi revelada, mas o ator alemão lutava contra o cancro há vários anos.

Em 1981, Sander interpretou o papel de um comandante de submarinos em «A Odisseia do Submarino 96», um épico da Segunda Guerra Mundial realizado por Wolfgang Petersen. Seis anos depois, o ator vestiu a pele de um anjo em «As Asas do Desejo», de Wim Wenders, repetindo a personagem na sequela, «Tão Longe, Tão Perto», em 1993.

Com uma carreira no cinema e na televisão iniciada nos anos 1970, Otto Sander participou ainda em «A Marquesa de O» (1976), «O Tambor» (1979), «Palermo ou Wolfsburg» (1980) e «Contra-Ataque» (1981). Mais recentemente, entrou em alguns episódios das séries policiais de TV «Polizeiruf 110» e «SOKO Donau».

Sander ficou também conhecido na Alemanha pelo seu trabalho no teatro, antes e depois da reunificação do país, e pela sua voz caracteristicamente grave, o que fez dele uma escolha ideal para narrações e locuções ao longo de várias décadas.

«Perdemos uma das nossas maiores personalidades artísticas e uma voz inesquecível», lamentou o presidente da câmara de Berlim, Klaus Wowereit, citado pela BBC.