O filme «Os Idiotas», de Lars von Trier, foi o ponto de partida para «Idiots Lab - love_ability», peça que conta com a representação de um ator português e que se estreia na sexta-feira, em Milão, escreve a agência Lusa.

Alfredo Martins é um dos três atores portugueses que fazem parte da companhia internacional de teatro Looking For Michele, mas o único a integrar o elenco da peça que vai subir ao placo do Teatro Ringhiera, naquela que é também a estreia da companhia.

Em declarações à Lusa, Alfredo Martins explicou que a ação de «Idiots Lab - love_ability» se centra «sobre o estigma que existe em relação às deficiências motoras decorrentes de neuropatologias e psicopatologias, assim como sobre a incapacidade de gerir afetos».

«Um pouco à semelhança do que faziam os jovens no filme realizado por von Triers, em 1998, que se comportavam em público como idiotas, para desestabilizar a ordem dos lugares por onde passavam, assim como as pessoas», frisou.

Looking For Michele é uma companhia formada por 13 atores de Portugal, França, Itália e Bélgica, que resultou de um curso de teatro itinerante para jovens atores profissionais, realizada em 2010 durante a XIX edição da Nouvelle École des Maîtres.

Além de Alfredo Martins, também fazem parte da Looking For Michele Flávia Gusmão e Rui Neto.

Os três artistas fazem igualmente parte do teatro Meia Volta e Depois à Esquerda Quando eu Disser, companhia formada em 2006 no Porto, por finalistas de teatro da Escola Superior de Música e Artes dos Espetáculo (ESMAE), e que retomou a atividade em 2011, em Lisboa, sob a direção artística de Alfredo Martins.

Com direção artística e dramaturgia do ator e encenador italiano Benedetto Sicca, «Idiots Lab - love_ability» é interpretada por oito atores, um dos quais lusodescendente de nacionalidade francesa, e vai subir ao palco daquela sala milanesa na sexta-feira e nos sábado, às 20h45, e no domingo, às 16h00.