Nicolau Breyner era reconhecido pelos seus papéis de ator, mas o seu génio era plural. Desde os anos 80 do século passado que fez também realização para televisão. A estreia como realizador de cinema fez-se em 2009 com o filme "Contrato". Três anos depois, apresentava outro filme, "A Teia de Gelo", uma co-produção TVI, em entrevista ao Cinebox.

É um thriller. O filme foi feito em duas línguas. Fizemos sempre um take em português e outro em inglês", contou na altura ao Cinebox.

Com um "elenco de luxo", como o próprio referiu, muitos foram os elegios ao seu trabalho. "Nicolau Breyner um homem muito generoso", dizia a atriz Sandra Cóias.

Nicolau Breyner morreu, esta segunda-feira, aos 75 anos de idade.

João Nicolau de Melo Breyner Lopes, de nome completo, nasceu em Serpa, a 30 de julho de 1940. Tornou-se conhecido do grande público pelo seu trabalho como ator, mas também assumiu funções de realizador, produtor e, até, apresentador.

Nicolau Breyner, fazia parte do elenco da nova novela da TVI, ainda em filmagens, "A Impostora". Neste trabalho, Nicolau Breyner vestia a pele de Edmundo Gaspar.