«Frozen - O Reino do Gelo» foi o grande vencedor dos Annie Awards, considerados os «Óscares da animação». A produção da Disney ganhou cinco prémios, incluindo o galardão máximo: Melhor Filme de Animação.

A realização de Chris Buck e Jennifer Lee, a música, a direção artística, e a voz de Josh Gad (que interpretou o boneco de neve Olaf) em «Frozen» foram também premiadas pela academia internacional de cinema de animação no passado sábado.

«Frozen» parte agora da «pole position» na corrida pelo Óscar de Melhor Filme de Animação, depois de ter também vencido na mesma categoria nos Globos de Ouro. O tema «Let It Go» concorre também ao Óscar de Melhor Canção Original.



Nas restantes categorias dos Annies, que premeiam também produções para televisão e videojogos, os estúdios da Pixar venceram cinco prémios, dois com «Monstros: A Universidade», enquanto que a Dreamworks ficou-se pelos três, com «Os Croods».

«O Hobbit: Uma Viagem Inesperada» e «Batalha do Pacífico» foram os dois filmes com atores de carne e osso que foram distinguidos nos Annies, pela animação de personagens e por efeitos especiais, respetivamente.

O prémio de Melhor Argumento foi para Hayao Miyazaki, o mestre japonês da animação que se despediu das longas metragens em 2013 com «The Wind Rises».

Steven Spielberg foi um dos distinguidos com um prémio especial de carreira pela contribuição do realizador e produtor para a evolução do cinema de animação.