O comportamento errático de Shia LaBeouf tem sido notícia nos últimos meses, e o ator norte-americano voltou a surpreender durante o fim-de-semana, no 64º festival de cinema de Berlim.

No domingo, na noite de apresentação de «Ninfomaníaca - Vol. 1», LaBeouf pisou a passadeira vermelha de fato de gala e... um saco de papel na cabeça com a mensagem escrita a marcador: «Eu já não sou famoso» ( «I Am Not Famous Anymore»).

Horas antes, na conferência de imprensa do novo filme de Lars von Trier, o ator de 27 anos juntou-se aos colegas de elenco vestido de vagabundo, com roupas visivelmente sujas e rasgadas. À primeira pergunta sobre as cenas de sexo explícito em «Ninfomaníaca», Shia LaBeouf respondeu com uma enigmática declaração, levantou-se da cadeira e saiu da sala, para espanto dos jornalistas e dos próprios colegas.



A frase de LaBeouf («Quando as gaivotas seguem a traineira é porque elas pensam que sardinhas vão ser atiradas ao mar») é uma citação exata (incluindo o gole de água que interrompe a frase) do que o futebolista Éric Cantona disse há 19 anos numa conferência de imprensa após ter agredido um adepto rival durante um jogo entre o Manchester United e o Crystal Park.



Shia LaBeouf tem passado os últimos meses a copiar frases, citações e declarações dos mais variados artistas e celebridades através do Twitter. Tudo terá começado depois de ser acusado de plágio pelo autor de banda desenhada Dan Clowes, que não gostou das muitas semelhanças da curta metragem de LaBeouf, «Howard Cantour.com», com uma das suas histórias.

Outro dos comportamentos pouco ortodoxos do ator estará relacionado com a alegada falta de cuidados de higiene, que terá mesmo levado a algumas reclamações por parte dos colegas de elenco na rodagem de «Fury», um filme que conta com Brad Pitt num dos papéis principais.

As peripécias de Shia LaBeouf na Berlinale acabaram por ofuscar um pouco a rebeldia de Lars von Trier, o polémico realizador de «Ninfomaníaca».

Apesar de ausente da conferência de imprensa de domingo, o cineasta dinamarquês participou na sessão fotográfica do elenco do filme, exibindo orgulhosamente uma t-shirt que dizia «Persona non grata» por baixo do símbolo da Palma de Ouro - uma alusão ao facto de ter sido banido do festival de cinema de Cannes, em 2011, por afirmar que simpatizava com Adolf Hitler.

«Ninfomaníaca - Vol. 1» foi exibido em Berlim fora da competição pelo Urso de Ouro. Esta é a primeira de duas partes do novo filme de von Trier, que acompanha a vida sexual de uma mulher (interpretada por Stacy Martin e Charlotte Gainsbourg) desde a infância até à idade adulta.