A trilogia “As mil e uma noites” de Miguel Gomes venceu este domingo o prémio do Festival de Cinema de Sidney, revelou à Lusa o produtor Luís Urbano.

Os filmes "O inquieto", "O desolado" e "O encantado" fazem parte da trilogia que dura seis horas e que foi um dos destaques da organização para a 62.ª edição do festival, que classificou o projeto de Miguel Gomes como "ambicioso, indignado e com um humor desconcertante", um "novo filme extraordinário" que "cria um retrato preciso do Portugal recente".

Recorrendo a reportagens feitas pelas jornalistas Maria José Oliveira, Rita Ferreira e João de Almeida Dias, Miguel Gomes traça a história de um país mergulhado numa crise económica, em austeridade e desemprego, misturando a fantasia dos contos populares árabes de "As mil e uma noites", narrados pela rainha persa Sherazade.

Os três volumes - são assim designados pela produtora - terão estreia nos cinemas portugueses a partir de outubro. O primeiro dos três filmes, "O inquieto", deverá ser estreado em França a 24 de junho, segundo a Première.