O filme «Singularidades de uma rapariga loura», de Manoel de Oliveira, será exibido em antestreia nacional no sexto festival IndieLisboa, que arranca a 23 de Abril, anunciou a organização.

O mais recente filme de Manoel de Oliveira, produzido pela Filmes dos Tejo, será exibido no festival dias antes da estreia comercial nas salas de cinema, marcada para 30 de Abril.

A sessão de antestreia, ainda sem data certa, decorrerá no cinema São Jorge, em Lisboa, e o cineasta deverá marcar presença.

«Singularidades de uma rapariga loura», uma co-produção entre Portugal, Espanha e França, é uma adaptação de um conto homónimo de Eça de Queirós, publicado no começo do século XX.

A história centra-se em Macário, um jovem contabilista que se perde de amores por Luísa Vilaça, uma rapariga loira por quem fez juras de amor e casamento até que descobre uma singularidade da virtuosa noiva.

Nesta nova produção, Manoel de Oliveira contou com a participação de Ricardo Trêpa, seu neto, Diogo Dória, Leonor Silveira, Júlia Buisel, Rogério Samora, Luís Miguel Cintra e Catarina Wallenstein, no papel de Luísa, a rapariga loura.

«Singularidades de uma rapariga loura» foi rodado em Novembro e Dezembro e teve a primeira apresentação mundial em Fevereiro no Festival de Cinema de Berlim, onde Manoel de Oliveira foi distinguido com o Prémio Berlinale Kamera.

Actualmente, Manoel de Oliveira está a trabalhar na produção do filme «O estranho caso de Angélica».

O IndieLisboa, festival dedicado ao cinema independente organizado pela associação Zero em Comportamento, decorrerá de 23 de Abril a 3 de Maio.

Nesta sexta edição, o festival irá homenagear os realizadores Werner Herzog e Jacques Nolot com a realização de duas retrospectivas.

A programação será apresentada no dia 23 de Março em Lisboa.