O Córtex, Festival de Curtas-Metragens de Sintra, agendado para outubro, assinalará os dez anos da morte do realizador João César Monteiro, exibindo quase uma dezena de filmes naquele formato, além da recente produção portuguesa em competição, escreve a agência Lusa.

A quarta edição, cujo programa foi apresentado na quarta-feira, decorrerá de 10 a 13 de outubro no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra.

A sessão de abertura do Córtex será dedicada a João César Monteiro com a exibição de filmes como «Sofia de Mello Breyner Andresen» (1969), sobre a impossibilidade de se conseguir filmar poesia - afirmou um dia o realizador -, «Quem Espera Por Sapatos de Defunto Morre Descalço» (1971) e «O Amor das Três Romãs» (1979), de uma série da RTP.

Durante o festival estará patente no Centro Cultural Olga Cadaval uma exposição de fotografias de rodagem do cineasta e está previsto um debate com atores, produtores e técnicos que trabalharam com João César Monteiro.

A competição nacional apresentará 17 filmes, entre os quais «A Palestra», de Bruno Almeida, feito no âmbito de Guimarães - Capital Europeia da Cultura 2012, «O Coveiro», de André Gil Mata, premiado esta semana no MOTELx, «Gambozinos», que João Nicolau apresentou e viu premiado na Quinzena de Realizadores, em Cannes, e «O Facínora», de Paulo Abreu.

Na competição internacional estarão seis filmes da Bélgica, Espanha, França e Turquia, entre as quais «Aquel No Era Yo», de Esteban Crespo, «Los Demonios», de Miguel Azurmendi, e «Sessiz/Be Deng», de Rezan Yesilbas.

O júri integra a atriz Carla Chambel, a realizadora Graça Castanheira, o programador José Vieira Mendes, Marta Fernandes, da Midas Filmes, e o jornalista Nuno Galopim.