O realizador italiano de cinema erótico Salvatore Samperi, autor de filmes como «Grazie zia» e «Malizia», morreu na quarta-feira em Roma aos 64 anos, noticia a agência Lusa.

Samperi, nascido em Pádua em 1944, deixou uma filmografia com 24 títulos para cinema e televisão, entre os quais «Grazie zia», cujo erotismo escandalizou Itália em finais dos anos 1960.

Nos filmes seguintes, onde abordou temáticas sociais, Samperi não conseguiu repetir o êxito da estreia.

O sucesso só regressou nos anos 1970 com «Malizia» e «Peccato veniale», filmes que deram a conhecer a actriz Laura Antonelli, símbolo sexual para os italianos da época.

Adaptou ainda para cinema obras literárias de Cesare Lanza, em «Nenè», e de Umberto Saba, em «Ernesto».