O realizador mexicano Alfonso Cuarón foi eleito o melhor do ano, pela Associação de Realizadores dos Estados Unidos, por causa do filme «Gravidade», um dos favoritos aos Óscares, escreve a agência Lusa.

Numa cerimónia no domingo, em Los Angeles (Califórnia), Alfonso Cuarón recebeu a máxima distinção entre os seus pares, semanas antes do anúncio dos vencedores dos prémios de cinema Óscares.

Além de Cuarón, estavam nomeados Paul Greengrass («Capitão Phillips»), Davis O. Russell («Golpada Americana»), Steve McQueen («12 Anos Escravo») e Martin Scorsese («O Lobo de Wall Street»).

Nos últimos dez anos, os realizadores premiados por aquela associação acabaram por conquistar também o Óscar de melhor realização, exceto no ano passado, quando distinguiu Ben Afleck por «Argo» - em 2013, Afleck acabaria por receber o Óscar de melhor filme, mas não o de melhor realizador.

«Gravidade», filme de ficção científica protagonizado por Sandra Bullock e George Clooney, soma dez nomeações para os Óscares.

A cerimónia dos Óscares acontece a 2 de março.