Mary Poppins vai regressar, cinquenta anos depois da estreia no cinema. A Disney vai voltar a dar vida ao musical, inspirado nos livros de P.L. Travers.

Depois de Alice no País das Maravilhas e de Cinderela é a vez da Disney tornar o clássico Mary Poppins num novo filme de ação. A longa-metragem vai ser inspirada nos mesmos livros que conduziram o enredo do primeiro filme, mas a produtora já garantiu que não se vai tratar de uma sequela.

O filme vai estar sob direção musical de Marc Shaiman e Scott Wittman, que trabalharam no passado em musicais de sucesso como Hairspray e a série Smash. Rob Marshall é indicado como o possível realizador.

Mary Poppins, a famosa ama mágica, vai regressar ao grande ecrã, mas ainda não se sabe quem interpretará o papel principal. O elenco pode permanecer ainda sob mistério, mas sabe-se que a família Banks entrará novamente no argumento.

O filme original faturou 100 milhões de dólares e ganhou cinco óscares, um deles para “Melhor Atriz”, pela interpretação de Julie Andrews no papel de Mary Poppins.