O filme português «E Agora? Lembra-me», de Joaquim Pinto, duplamente premiado em Locarno, vai ser apresentado no Festival de Cinema de Nova Iorque, que decorre entre 27 de setembro e 13 de outubro naquela cidade norte-americana, escreve a agência Lusa.

O filme, um documentário dirigido e protagonizado por Joaquim Pinto, que vive há 20 anos com os vírus VIH e hepatite C, vai ser exibido na secção Motion Portraits [numa tradução livre, Retratos em Movimento], de acordo com informação disponibilizada na página da Internet do festival.

As exibições estão marcadas para os dias 28 de setembro e 1 de outubro.

A edição deste ano do Festival de Cinema de Nova Iorque abre no dia 27 de setembro com a exibição, em estreia mundial, de «Capitão Phillips», o mais recente trabalho de Paul Greengrass, que conta com Tom Hanks no papel principal.

A encerrar o certame, será exibido, também em estreia mundial, «Her», o novo filme de Spike Jonze, que tem Joaquin Phoenix como protagonista.

O filme «E Agora? Lembra-me», de Joaquim Pinto, conquistou em agosto o Prémio Especial do Júri e o do Júri Jovem do Festival de Locarno.

Produtor de João César Monteiro, Teresa Villaverde ou José Álvaro de Morais, Joaquim Pinto é realizador de obras como «Porca Miséria» (2007), «Moleque de Rua» (1997), «Das Tripas Coração» (1992) e «Uma Pedra no Bolso» (1988).

Em Portugal, o filme de Joaquim Pinto, produzido pela CRIM, será apresentado no festival Queer, que decorre entre 20 e 28 de setembro em Lisboa.