O filme «A Gaiola Dourada», do luso-francês Ruben Alves, é um dos nomeados para os Prémios de Cinema Europeu, que serão entregues em dezembro na Alemanha, escreve a agência Lusa.

«A Gaiola Dourada», que se estreou em Portugal a 1 de agosto, é um dos 11 filmes da categoria Prémio do Público, cuja votação decorre desde domingo na página da Internet dos European Film Awards.

Além do filme de Ruben Alves, estão nomeados nesta categoria «Os Amantes Passageiros», do espanhol Pedro Almodóvar, «Anna Karenina», do britânico Joe Wright, «A Melhor Oferta», do italiano Giuseppe Tornatore, «The Broken Circle Breakdown», do belga Felix van Goreningen, «The Deep», do islandês Baltasar Kormákur, «O Impossível», do espanhol J.A. Bayona, «Kon-Tiki - A Viagem Impossível», dos noruegueses Joachim Rønning e Espen Sandberg, «Oh Boy», do alemão Jan Ole Gerster, «À Procura de Sugar Man», do sueco Malik Bendjelloul, e «Só Precisamos de Amor», da dinamarquesa Susanne Bier.

Protagonizado por Rita Blanco e Joaquim de Almeida, no papel de um casal de emigrantes portugueses há trinta anos a trabalhar em Paris - ela porteira, ele pedreiro -, «A Gaiola Dourada» chegou a Portugal meses depois de se ter estreado nos cinemas franceses, onde somou mais de um milhão de espectadores.

O filme assinala a estreia de Ruben Alves na realização, um jovem luso-descendente que quis homenagear, brincando com os estereótipos, a comunidade portuguesa que emigrou para França a partir dos anos 1960.

«A Gaiola Dourada», que foi rodado em Paris e parcialmente em Portugal, no Douro, tornou-se, de acordo com dados disponibilizados na página da internet do Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), no filme mais visto este ano nas salas portuguesas.

Até 4 de setembro, «A Gaiola Dourada» já tinha sido visto por 467.082 espetadores.

Os Prémios de Cinema Europeu serão entregues a 7 de dezembro em Berlim. Os nomeados nas restantes categorias serão anunciados a 9 de novembro no festival de cinema de Sevilha, Espanha.