«Enough Said» é uma das últimas duas participações no cinema de James Gandolfini, ator que morreu em junho, vítima de ataque cardíaco. O filme tem estreia mundial marcada para o Festival de Cinema de Toronto, em setembro, e Julia-Louis Dreyfus, que contracenou com o ator, disse que a interpretação de Gandolfini será «surpreendente».

«Acho que as pessoas vão ficar surpreendidas com a performance [de James Gandolfini]. (...) Ele não é um bandido neste filme, não vamos ver o Tony Soprano», explicou a atriz de «Enough Said», citada pela BBC News.

Conhecida do grande público pelos vários anos como Elaine na série de TV «Seinfeld», Dreyfus acrescentou que a personagem de Gandolfini em «Enough Said» é a de um «homem bondoso e dedicado», qualidades que o próprio ator revelava na vida real.

«O Jim era muito parecido com este personagem. (...) Ele era direto, sincero e um ator muito generoso. Acho que as pessoas vão conseguir perceber isso neste filme», afirmou.

«Enough Said» é uma comédia romântica realizada por Nicole Holofcener e que conta ainda com Toni Collette, Catherine Keener e Ben Falcone no elenco principal.

O segundo filme com James Gandolfini que deverá ser lançado postumamente chama-se «Animal Rescue» e tem estreia prevista para o próximo ano.

Na gaveta poderá ficar o episódio piloto da série «Criminal Justice», protagonizada por Gandolfini. O canal HBO já admitiu que a morte do ator principal inviabilizou o futuro do projeto.